Trânsito volta ao normal no Leblon, neste sábado

Avenida Ataulfo de Paiva será totalmente liberada

Os canteiros de serviços da Linha 4 do Metrô instalados nas ruas do Leblon, na Zona Sul, já começaram a ser desmontados, e o trânsito voltará à circulação normal em Ipanema e Leblon neste sábado, dia 16, quando a Praça Antero de Quental também será devolvida à população. O trânsito será totalmente liberado em trechos que haviam sido ocupados, como as avenidas Ataulfo de Paiva e Borges de Medeiros. As vias que tiveram inversão de mão voltarão a operar como antes das intervenções. O estacionamento nas ruas também volta a ser permitido, em trechos pré-determinados, de acordo com a legislação municipal.

Confira como fica o trânsito

Confira como fica o trânsito

Os ajustes no tráfego foram definidos pela CET-Rio, que coordena a operação de retorno do trânsito à normalidade nos bairros. Haverá ainda ajustes em relação às linhas do BRS e paradas de ônibus e Metrô na Superfície na região. Operadores de trânsito vão auxiliar motoristas e pedestres.

Fique atento aos pontos de ônibus

Fique atento aos pontos de ônibus

Veja o que muda no Leblon e em Ipanema

Vias Liberadas o tráfego:

· Av. Ataulfo de Paiva

· Acesso Av. Visconde de Albuquerque para Av. Ataulfo de Paiva

· Acesso da Av. Niemeyer para Av. Visconde de Albuquerque

· Av. Borges de Medeiros, entre Lagoa e Delfim Moreira

Vias com alteração de sentido de tráfego:

. Ruas Sambaíba: sentido subida para o Alto Leblon

. Rua Professor Azevedo Marques: sentido Visconde de Albuquerque

. Rua Jerônimo Monteiro: sentido Praia

· Av. Borges de Medeiros, entre Lagoa e Delfim Moreira: sentido Praia.

· Av. Borges de Medeiros entre Prof. Antônio Maria Teixeira e Lagoa : sentido Lagoa

· Av. Epitácio Pessoa, entre Vieira Souto e Lagoa: sentido Lagoa.

· Rua Henrique Dumont, entre Vieira Souto e Barão de Jaguaripe: sentido Praia.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...
Video

Testes contra incêndio ocorrem pela 1ª vez no sistema metroviário do Rio

Veja como foi a simulação na Estação Jardim Oceânico, na Barra

Os testes nos sistemas de prevenção e combate a incêndio, que ocorrem pela primeira vez no sistema metroviário do Rio, começaram nesta terça-feira (05/07) pela Estação Jardim Oceânico, na Barra. Foram simulados quatro cenários de incêndio: em dois pontos diferentes nos trilhos, no mezanino e na plataforma da estação.

Simulação usou máquina de gelo seco - Fotos: Henrique Freire

Simulação usou máquina de gelo seco – Fotos: Henrique Freire

Para a realização dos testes, foram utilizadas quatro máquinas de fumaça cenográfica com gelo seco, semelhantes às usadas em festas e boates. Dez ventiladores foram acionados individualmente e ao mesmo tempo, extraindo a fumaça pelas torres de ventilação da estação. Por monitores das salas de operação, os técnicos puderam observar o funcionamento do sistema de extração, dos ventiladores e até o percurso da fumaça. Todo o sistema funcionou como previsto, com resultado positivo para a simulação.

Técnicos puderam avaliar até o percurso da fumaça

Técnicos puderam avaliar até o percurso da fumaça

A fumaça cenográfica usada nos testes não é tóxica à população e a animais domésticos, não havendo qualquer relação com incêndio. As simulações ocorrem até dia 16/07, veja o cronograma aqui.

Assista ao vídeo:

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Testes dos sistemas de incêndio começam nesta terça-feira (05/07)

Nem toda fumaça é fogo! Neste caso, é treinamento!

A partir de terça-feira (05/07), a Linha 4 do Metrô irá testar os sistemas de prevenção e combate a incêndio, para detecção e extração de fumaça do interior das estações e túneis entre Barra da Tijuca e Ipanema. As simulações vão ocorrer até o dia 16/07 (sábado) e serão iniciadas pela Estação Jardim Oceânico, na Barra.

A fumaça cenográfica usada nos testes não é tóxica à população e animais domésticos, não havendo nenhuma relação com incêndio. O Corpo de Bombeiros e a Secretaria estadual de Defesa Civil estão cientes do procedimento, que ocorrerá conforme cronograma abaixo:

· Estação Jardim Oceânico, Barra da Tijuca – 05/07 (terça-feira)

· Túneis em São Conrado – 06/07 (quarta-feira)

· Estação Nossa Senhora da Paz, Ipanema – 07/07 (quinta-feira)

· Estação Jardim de Alah, Leblon – 08/07 (sexta-feira)

· Estação Antero de Quental, Leblon – 09/07 (sábado)

· Poço de ventilação e saída de emergência (entre as avenidas Visconde de Albuquerque e Ataulfo de Paiva, Leblon) – 11/07 (segunda-feira)

· Estação São Conrado – 12/07 (terça-feira)

· Expansão da Estação General Osório, Ipanema – 13/07 (quarta-feira)

· Túneis em São Conrado – 14/07 (quinta-feira)

· Bitúnel entre São Conrado e Barra – 15/07 (sexta-feira)

· Bitúnel entre São Conrado e Alto Leblon – 16/07 (sábado)

Esta é mais uma etapa da fase de conclusão das obras, para garantir o início das operações na nova linha. O procedimento, adotado pelo Governo do Estado, é determinado pela norma de segurança internacional NFPA 130 (2014). Recentes e modernos, testes como esses têm sido utilizados mundialmente. No sistema metroviário do Rio de Janeiro é a primeira vez. A brigada de incêndio dos consórcios construtores acompanhará os serviços.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...
Video

Trem da Linha 4 circula em testes

Veja como foi o primeiro teste com o trem da Linha 4 no chamado trecho olímpico, entre Ipanema e Barra da Tijuca. Desde a energização das vias permanentes, o trem circula nas madrugadas.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Estação Jardim Oceânico está pronta

Obras chegam a 97% de conclusão no trecho olímpico

O metrô chegou à Barra da Tijuca. Com a conclusão das obras civis e serviços de acabamento, a Estação Jardim Oceânico está pronta e segue, agora, com a finalização da instalação de sistemas e testes operacionais. Os novos trens da Linha 4 também já circulam em testes no chamado trecho olímpico.

IMG_20160630_063043027IMG_20160630_082612917

Esta é uma estação multimodal, pois um de seus três acessos está integrado ao terminal do sistema BRT, no canteiro central da Avenida Armando Lombardi. Os demais acessos estão na mesma avenida: na pista sentido Recreio, altura do prédio da Unimed, e próximo à Avenida Fernando Mattos, na pista sentido Zona Sul.

O projeto desta estação foi pensado de forma a privilegiar aspectos sustentáveis. Com arquitetura moderna, Jardim Oceânico tem um grande arco sobre o mezanino, com cerca de uma centena de pontos de captação de luz natural. Do lado de fora, este arco de concreto é um ‘telhado verde’, solução que oferece mais conforto térmico ao usuário no interior da estação e que estará integrada à reurbanização do entorno, serviço ainda em andamento.

IMG_20160630_082542429

A estação também foi construída com 350 metros à frente, de maneira a permitir futura expansão da linha metroviária sem interromper o seu funcionamento.

De acordo com a demanda prevista, 91 mil pessoas vão utilizar a estação da Barra da Tijuca diariamente.

Esta é a terceira estação com serviços finalizados, depois de Nossa Senhora da Paz e São Conrado. Com isso, a implantação da Linha 4 do Metrô chega a 97% de conclusão. As obras nas demais estações (Jardim de Alah e Antero de Quental) estão em fase final de acabamento, já com testes de sistemas operacionais, que tiveram início em janeiro e ocorrem por fases.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Colaborador da Linha 4 participará do revezamento da tocha Olímpica

Na reta final das obras de implantação da Linha 4 do Metrô, o frentista de túnel Leandro Souza dos Santos, de 31 anos, está na expectativa pelo dia 4 de agosto. É que, às vésperas do início dos Jogos Rio 2016, o colaborador vai participar do revezamento da tocha Olímpica na cidade. Lelê, como é conhecido, é faixa preta de Jiu-Jitsu e dá aulas gratuitas de luta a 60 crianças da Rocinha, comunidade onde nasceu e mora até hoje com a esposa e os dois filhos.

leleblog

“Estou ansioso! Vai ser um orgulho muito grande”, festeja ele, que trabalhou na abertura dos túneis da nova linha de metrô entre a Barra da Tijuca e São Conrado e agora atua na via permanente, por onde os trens vão passar na Zona Sul. “Trabalho com muita dedicação porque a Linha 4 vai beneficiar milhares de pessoas, inclusive minha comunidade”, diz ele.

leleblog2

O projeto social Rocinha Jiu-Jitsu é uma iniciativa dos próprios moradores. Para Lelê, é gratificante ocupar o tempo da garotada com esporte. “Muitos ficam perdidos e seguem o mau caminho. Eu ajudo essas crianças e durmo com o coração tranquilo porque um dia alguém me deu essa oportunidade também”, diz ele, que ainda treina MMA (Artes Marciais Mistas) após as aulas com as crianças.

Veja aqui a reportagem com nosso atleta colaborador, exibida pelo telejornal Bom Dia Rio, da TV Globo, desta sexta-feira, dia 24.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Antero de Quental ganha seu painel de azulejos

A Estação Antero de Quental, no Leblon, reverencia o clima praiano do bairro com um painel de azulejos coloridos que faz homenagem ao surfista carioca. Ao descer pelas escadas rolantes para acesso ao mezanino, os passageiros vão observar um surfista no mar, pegando onda.

painel antero2

O painel, do arquiteto Urbano Iglesias, colore uma parede de dez metros de largura por 3,10 metros de altura com tons de azul, branco, preto e laranja. Atrás desta parede, estará uma das áreas técnicas da estação, construída pelo Consórcio Linha 4 Sul, responsável pelas obras da Linha 4 neste trecho.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Estação São Conrado está concluída

A Estação São Conrado da Linha 4 do Metrô está pronta. Com a conclusão das obras civis e serviços de acabamento, a estação segue, agora, com a finalização da instalação de sistemas e testes operacionais. De acordo com a demanda prevista, 61 mil pessoas vão utilizar esta estação diariamente.

sco2

Construída no maciço rochoso, a estação terá três acessos de passageiros: Estrada da Gávea, na altura do antigo supermercado Extra; Avenida Niemeyer, altura da Igreja Universal da Rocinha; e Avenida Aquarela do Brasil, próximo à antiga concessionária Itavema. Há rampas e elevadores nos acessos, de forma a garantir a acessibilidade de todos. Quatro esteiras rolantes darão mais conforto ao deslocamento dos passageiros no acesso pela Avenida Aquarela do Brasil.

sco

O detalhe desta estação está nas claraboias das áreas de bilheterias. O teto envidraçado, com 16 metros de diâmetro, dá mais vida aos acessos à estação subterrânea, privilegiando a iluminação natural. Nesta imagem, o efeito noturno.

bilheteria

São Conrado é a segunda estação com serviços finalizados, depois da Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, concluída no final de maio. Com isso, a implantação da Linha 4 do Metrô chega a 96% de conclusão.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...
Video

Linha do Tempo: Estação Jardim de Alah

Em mais um vídeo da série que mostra a evolução das obras de implantação da Linha 4 do Metrô, o engenheiro Demilson Storniolo conta como foi, ano a ano, a execução dos serviços na Estação Jardim de Alah, no Leblon. Em fase de acabamento, a estação recebe escadas rolantes, pastilhas e placas de cerâmica coloridas. Os testes de sistemas operacionais também já são realizados.

Jd Alah

JAl 3

JAL 1

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Integração aos moradores as ilhas da Barra

Os barcos que deixam as ilhas Primeira e da Gigóia, na Barra da Tijuca, poderão atracar em um deck que está sendo construído pelo Consórcio Construtor Rio Barra, responsável pelas obras da Linha 4 do Metrô na região, nos fundos de um dos acessos de passageiros da Estação Jardim Oceânico. Garantindo integração com a nova linha e acessibilidade para os moradores das ilhas, haverá uma rampa até a pracinha onde fica a estação, na Avenida Armando Lombardi, próximo à Unimed.

deck

O deck faz parte do projeto de reurbanização do entorno da estação e foi aprovado pelo Centro de Arquitetura e Urbanismo da Secretaria Municipal de Urbanismo. Na pracinha, já estão instalados os novos bancos e bicicletários. Haverá ainda uma academia para a terceira idade.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...