O Globo: obras da Linha 4 na Zona Sul revelam peças do século XIX

Itens pertenceriam a antigas chácaras que ocupavam a região de Ipanema e do Leblon

Trilhos de bonde encontrados no Leblon em 2012 - Marcelo Piu / Agência O Globo (12/12/2012)

Trilhos de bonde encontrados no Leblon em 2012 – Marcelo Piu / Agência O Globo (12/12/2012)

RIO — Mais objetos de possível valor histórico foram encontrados, nesta terça-feira, durante escavações das obras da Linha 4 do metrô, que ligará a Zona Sul à Barra, conforme informou a coluna Gente Boa no site do GLOBO. As peças pertenceriam a antigas chácaras que, até o fim do século XIX, ocupavam a região de Ipanema e do Leblon.

O material foi recolhido para estudos, informou o consórcio que administra as obras. Estão armazenados fragmentos de alvenaria, enfeites de telhados, balaustradas, peças de porcelana, talheres e pedaços de vidro.

Toda a obra da Linha 4 é acompanhada por um serviço especializado em arqueologia. Em 2012, foram encontrados na Avenida Ataulfo de Paiva, próximo à Praça Antero de Quental, no Leblon, restos de trilhos de bonde. Desde março de 2013, o consórcio também trabalha num sítio arqueológico próximo ao canteiro de obras da Linha 4 que fica atrás da antiga Estação Leopoldina, no Centro, onde foram achados cerca de 200 mil objetos.

Fonte: O Globo 

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Linha 4: obras estão abertas à visitação no último domingo do mês

Tem curiosidade em conhecer de perto as obras da Linha 4 do Metrô na Zona Sul? Participe da visita guiada, que acontece regularmente no último domingo de cada mês.

Os interessados devem se inscrever pelo 0800-0210620 ou ir até as Centrais de Atendimento à Comunidade, próximas aos canteiros, em Ipanema e no Leblon (veja abaixo os endereços).

A visita começa pela Estação Interativa do Jardim de Alah, com a exibição de um vídeo sobre as obras em um ambiente repleto de recursos tecnológicos, com holografia, telas touch, vídeos em 3D e maquete. Em seguida, os visitantes irão conhecer a construção de uma das estações e dos acessos, além da área escavada.

Centrais de Atendimento à Comunidade:​

Leblon: Praça Antero de Quental (Rua Bartolomeu Mitrê)

Avenida Ataulfo de Paiva (esquina com a Rua Jerônimo Monteiro)

Ipanema: Jardim de Alah

Praça Nossa Senhora da Paz (Rua Visconde de Pirajá)

Rua Barão da Torre (próximo a Rua Farme de Amoedo)

Moradores participam de visita guiada nas obras da Linha 4

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Ancelmo Gois: Próxima parada

Estação Nossa Senhora da Paz

Estas são as primeiras imagens de como está ficando a futura estação Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, que tem concluída sua escavação, A 22 metros sob o nível da rua, os operários concluem a armação da laje de fundo, que em breve receberá concreto. As bilheterias, no mezanino, estão prontas, mas, no momento, são usadas como depósito de materiais da obra. O consórcio responsável pela construção estima que o tempo de viagem entre a estação Nossa Senhora da Paz e a Carioca, no Centro do Rio, será de 18 minutos. As obras devem acabar no primeiro semestre de 2016. Vamos torcer, vamos cobrar.

Fonte: Ancelmo Gois – O Globo

Estação Nossa Senhora da Paz

Estação Nossa Senhora da Paz

Estação Nossa Senhora da Paz

Estação Nossa Senhora da Paz

 

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Primeiro trem da Linha 4 do Metrô passa por testes na China

O primeiro dos 15 trens encomendados para a Linha 4 do Metrô (Barra da Tijuca – Ipanema) à empresa chinesa Changchun Railway Vehicles Co já passa por testes nos sistemas elétricos, de sonorização e ar-condicionado. A segunda fase é de testes dinâmicos, de locomoção. Em meados de outubro, a máquina embarca no Porto de Changchum rumo ao Rio de Janeiro. A chegada está prevista para dezembro. Toda a frota estará comissionada (testada) e pronta para a operação no primeiro semestre de 2016.

Mais de 300 mil pessoas usarão a Linha 4 do Metrô todos os dias

A Linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro (Barra da Tijuca — Ipanema) vai transportar, a partir de 2016, mais de 300 mil pessoas por dia e retirar das ruas cerca de 2 mil veículos por hora/pico. Com a nova linha, o passageiro poderá utilizar todo o sistema metroviário da cidade com uma única tarifa. Serão seis estações (Jardim Oceânico, São Conrado, Gávea, Antero de Quental, Jardim de Alah e Nossa Senhora da Paz) e aproximadamente 16 quilômetros de extensão. A Linha 4 do Metrô entrará em operação no primeiro semestre de 2016, após passar por uma fase de testes. Será possível ir da Barra a Ipanema em 15 minutos e, da Barra ao Centro, em 34 minutos.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...
Video

Colaboradores da Linha 4 assistem a concerto dentro do canteiro de obras

Na última quinta-feira (21/08), os operários da Linha 4 do Metrô (Barra da Tijuca – Ipanema) tiveram a oportunidade de assistir a uma apresentação da Academia Jovem Concertante, no canteiro de obras da Praça Antero de Quental, no Leblon. O projeto, apoiado pela Odebrecht Infraestrutura, prepara o jovem músico para o seu futuro como integrante de orquestras relevantes do país, além de levar a música sinfônica para lugares pouco explorados por essa forma de arte.

O encontro, uma iniciativa do Consórcio Linha 4 Sul para levar cultura e lazer aos colaboradores, foi gratificante tanto para a orquestra quanto para os operários, que apreciaram bastante o concerto.

Confira no vídeo:​

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Linha 4 do Metrô está com vagas abertas para mangoteiro ou jatista

O Consórcio Linha 4 Sul, responsável pelas obras entre Ipanema e Gávea da Linha 4 do Metrô (Barra da Tijuca-Ipanema) está com quatro (4) vagas abertas para o ofício de mangoteiro (ou jatista). Os interessados precisam ter seis meses de experiência comprovada em carteira. Os candidatos podem procurar a área de recrutamento no canteiro administrativo (Avenida Epitácio pessoa, 365, Portão 8 – Jardim de Alah). O atendimento é de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h.  Também é possível encaminhar o currículo para o e-mail: recrutamento@consorciolinha4sul.com.br.

Foto: FVD Studio

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...
Video

Jovens do Projeto Pescar participam do programa Papo de Responsa

Estudantes que fazem parte do Projeto Pescar, iniciativa da Linha 4 do Metrô que está capacitando jovens da Rocinha no curso de auxiliar administrativo, participaram do programa ‘Papo de Responsa’, no Consórcio Construtor Rio Barra (CCRB). O projeto da Polícia Civil tem como objetivo aproximar a polícia da sociedade, levando debates e conversas aos jovens que também podem trocar suas experiências, além de aprender sobre o trabalho exercido pelos policiais e a sua importância para a população.

No vídeo, o policial civil que participa​ do programa Papo de Responsa, André Sá, fala sobre a ação:

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

#DiáriodoPTC: confira no Flickr as fotos da viagem dos alunos do PTC à Usina Hidrelétrica de Santo Antônio

Os estudantes vencedores do Programa Transferência de Conhecimento (PTC) registraram a viagem do último fim de semana a Rondônia, onde conheceram uma obra de alta complexidade: a Usina Hidrelétrica de Santo Antônio. Na visita, os alunos foram recebidos por uma equipe de engenheiros e técnicos e tiveram a oportunidade de esclarecer todas as dúvidas sobre o empreendimento.

Confira as imagens aqui: http://bit.ly/VDcFuh

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...
Video

#DiáriodoPTC: alunos vencedores do PTC conhecem a Usina Hidrelétrica de Santo Antônio

No último fim de semana, os estudantes de engenharia dos grupos vencedores do Programa Transferência de Conhecimento (PTC), iniciativa criada pela Concessionária Rio Barra, o Consórcio Linha 4 Sul e o Consórcio Construtor Rio Barra, ​conheceram de perto a Usina Hidrelétrica Santo Antônio, que está em construção no Rio Madeira, em Porto Velho (RO).

Estudante da UERJ, Izabela Ferreira ficou satisfeita em conhecer o bastidor do projeto complexo: “A equipe que nos recebeu foi muito atenciosa e fez de tudo para que nós (os alunos) entendêssemos bem os processos. Fiquei impressionada com a organização”, conta Izabela. Já Flávia Farias, aluna da UFF, conta que se surpreendeu com a dimensão da usina:​ “O que mais me impressionou foi a infraestrutura que eles tiveram que criar para a realização da obra.”

Assista ao vídeo e confira como foi a visita dos participantes do PTC à Usina Hidrelétrica de Santo Antônio:

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Estação Interativa da Gávea receberá visitas também aos sábados

Foto: Marcelo Horn | Governo do Estado do Rio de Janeiro

A Estação Interativa da Gávea, repleta de recursos tecnológicos que permitem à população conhecer os futuros terminais de passageiros e túneis da Linha 4 do Metrô no trecho entre a Barra da Tijuca e a Gávea, está recebendo tantos visitantes que o Consórcio Construtor Rio Barra vai ampliar o tempo de visitação. A Estação passa a abrir também aos sábados, a partir de hoje (16/08/14), de 9h às 13h. Entre segunda e sexta-feira, a visita, que é gratuita, pode ser feita das 7h30 às 17h30. Em duas semanas de funcionamento, o espaço já recebeu cerca de 500 pessoas. O Planetário fica na Rua Vice Governador Rubens Berardo, 100, na Gávea.

Quando o público entra na Estação Interativa da Gávea, tem a sensação de atravessar um túnel escavado sob rocha. No espaço, que funciona na Fundação Planetário, na Gávea, há imagens em 3D, maquete, tela touch, fotos que mostram cada etapa da obra, e até holografia.

“É importante que a população tenha este espaço como mais um canal de comunicação para saber como é feita uma obra desse porte, que vai retirar das ruas cerca de 2 mil veículos por hora, em momentos de pico, e como a Linha 4 funcionará, quando estiver implementada a partir de 2016″, afirma o secretário de Estado da Casa Civil, Leonardo Espíndola.

Foto: Marcelo Horn | Governo do Estado do Rio de Janeiro

Um dos principais destaques é a holografia da Estação Gávea, com imagens em três dimensões, deixando o visitante com a sensação de estar diante da futura estação de passageiros. Há ainda três cabines com imagens em 3D sobre as frentes de trabalho no Jardim Oceânico, em São Conrado e na Gávea, onde ficarão três das seis estações da Linha 4, que ligará a Barra da Tijuca a Ipanema. O público ainda poderá conferir cada etapa do processo construtivo entre a Barra e a Gávea, numa linha do tempo feita com registros fotográficos: por exemplo, como ocorrem as detonações controladas em rocha para a abertura dos túneis; a construção das plataformas; acessos de passageiros; instalação dos trilhos.

“A Linha 4 do Metrô é a maior obra de infraestrutura urbana do Brasil, de alta complexidade e executada em uma região densamente edificada. Por tudo isso, decidimos construir a Estação Interativa para que a população conheça o projeto, acompanhe a execução dos serviços, esteja por dentro de tudo o que está acontecendo. Essa interação com a comunidade é muito importante”, explica o diretor de Contrato do Consórcio Construtor Rio Barra, responsável pela implantação da Linha 4 entre a Barra e a Gávea, o engenheiro Lúcio Silvestre.

Esta é a segunda Estação Interativa da Linha 4 do Metrô. A primeira funciona, desde agosto de 2013, na Avenida Epitácio Pessoa, portão 8, em frente ao número 365, no Jardim de Alah/Ipanema e já recebeu mais de 5 mil visitantes. Neste espaço do Consórcio Linha 4 Sul, é possível conhecer as obras entre Ipanema e Gávea. A visita também é gratuita e pode ser feita de terça a sábado, das 9h às 19h.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...