22 de abril – Dia da Terra

A Linha 4 do Metrô (Barra da Tijuca– Ipanema) já plantou mais de 2.500 mudas de dez espécies da Mata Atlântica. A ação fez parte da compensação ambiental estabelecida pelo Instituto Estadual do Ambiente (INEA). Entre as mudas estão Jatobá, Ipê-roxo, Paineira Rosa e Angelim.

A obra também realiza projetos para manter a integridade da fauna e flora resgatadas nas áreas das frentes de serviço e fechou uma parceria com o Jardim Botânico para acomodação dessas espécies no bromeliário científico da instituição.

​​Além disso, as obras da Linha 4 do Metrô tomam cuidados para minimizar possíveis transtornos que vão desde a escolha dos métodos de escavação até a concepção dos projetos das estações. Toda a obra é planejada de forma a causar o menor impacto possível na paisagem urbana e no dia a dia dos cidadãos.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Linha 4 do Metrô participa de congresso internacional de túneis

Obra do Rio de Janeiro terá estande no WTC, em Foz do Iguaçu

A Linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro, que ligará a partir de 2016 a Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade, a Ipanema, na Zona Sul, será uma das atrações do World Tunnel Congress 2014, que ocorre entre 9 e 15 de maio em Foz do Iguaçu, no Paraná. A obra do Governo do Estado do Rio de Janeiro, executada pela Concessionária Rio Barra, será apresentada em um estande na feira. Lá, o público terá a oportunidade de conhecer os desafios e as soluções de engenharia da Linha 4, bem como os diferentes métodos construtivos de túneis empregados ao longo de seus 16 quilômetros de extensão.

O encontro internacional vai discutir e mostrar a importância dos túneis como solução para reduzir os congestionamentos, sobretudo nas grandes cidades, evitar enchentes e facilitar o transporte de pessoas e cargas, preservando a superfície e o meio ambiente. Durante sete dias, especialistas em túneis de todo o mundo vão propor alternativas.

No estande da Linha 4 do Metrô, em exposição entre os dias 12 e 14, os visitantes poderão entender como ocorrem as escavações no Rio de Janeiro, em bairros densamente povoados. Para isso, a Concessionária Rio Barra adotou tecnologias e metodologias especiais.

Ao custo de R$ 8,5 bilhões, a Linha 4 do Metrô representa a execução, de uma só vez, da mesma extensão de metrô subterrâneo implantada nos últimos 30 anos no estado do Rio de Janeiro.

A Concessionária Rio Barra contratou dois consórcios para execução das obras: o Consórcio Construtor Rio Barra e o Consórcio Construtor Linha 4 Sul. O primeiro é formado pelas empresas Queiroz Galvão, Odebrecht Infraestrutura, Carioca Engenharia, Cowan e Servix. O segundo é formado pela Odebrecht Infraestrutura, Carioca Engenharia e Queiroz Galvão.

O World Tunnel Congress 2014, cujo tema é “Túneis para uma vida melhor”, é organizado pelo Comitê Brasileiro de Túneis da Associação Brasileira de Mecânicos dos Solos e Engenharia Geotécnica (ABMS) e pela International Tunnelling and Underground Space Association (ITA), que realizará sua 40ª Assembleia Geral durante o evento.

Mais de 300 mil pessoas vão usar a Linha 4 do Metrô

A Linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro vai transportar, a partir de 2016, mais de 300 mil pessoas por dia e retirar das ruas cerca de 2 mil veículos por hora/pico. Com a nova linha, o passageiro poderá utilizar todo o sistema metroviário da cidade com uma única tarifa.

Serão seis estações (Nossa Senhora da Paz, Jardim de Alah, Antero de Quental, Gávea, São Conrado e Jardim Oceânico) e aproximadamente 16 quilômetros de extensão. A Linha 4 do Metrô entra em operação no primeiro semestre de 2016, após passar por uma fase de testes.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Infográfico: número de usuários por estação

A Linha 4 do Metrô (Barra da Tijuca – Ipanema), vai transportar a partir de 2016, mais de 300 mil pessoas por dia e retirar das ruas cerca de 2 mil veículos por hora/pico. Com a nova linha, o passageiro poderá utilizar todo o sistema metroviário da cidade com uma única tarifa.  Serão seis estações (Jardim Oceânico, São Conrado, Gávea, Antero de Quental, Jardim de Alah e Nossa Senhora da Paz) e aproximadamente 16 quilômetros de extensão. A Linha 4 do Metrô entra em operação no primeiro semestre de 2016, após passar por uma fase de testes.​
Facebook
Google
Twitter
Leia mais...
Video

Linha 4 do Metrô: estação Jardim Oceânico passa por sistema de impermeabilização

Para construir a Estação Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, foi necessário rebaixar o lençol freático, que naquela região está apenas a dois metros de profundidade do nível da rua. Dia e noite, 300 bombas hidráulicas funcionam sem parar, garantindo o trabalho no canteiro. A estrutura de concreto foi revestida por uma manta especial impermeabilizante, também usada nas fundações do Ground Zero, edifício construído no local do World Trade Center, em Nova York, conhecida pela resistência e durabilidade. Ao fim da obra, os equipamentos serão desligados e o lençol freático subirá normalmente, sem impactar a estação.

O engenheiro Marcelo Piola explica como foi feita a impermeabilização na estação Jardim Oceânico. Assista ao vídeo:

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Dica cultural: comédia aborda as redes sociais na Gávea

O espetáculo “Vertigem digital” está em cartaz até o dia 25 de maio no Teatro do Jockey, na Gávea. A comédia faz uma reflexão sobre as redes sociais e as apresentações são de sexta a domingo, às 21h.

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Confira as novas fotos aéreas da fábrica de aduelas

Veja no Flickr as fotos aéreas da fábrica de aduelas da Linha 4 do Metrô. O Flickr é uma rede social onde é possível compartilhar imagens em alta definição com outros usuários e fazer downloads.

A fábrica é responsável pela produção das chamadas aduelas – anéis de concreto que estão sendo instalados pelo ‘Tatuzão’, para formar o túnel subterrâneo da Linha 4 do Metrô de Ipanema à Gávea. Até o momento já foram produzidas mais de 1.600 aduelas.
Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

Colaboradora da Linha 4 do Metrô fotografa diariamente refeições fornecidas aos funcionários

Maria Cristina de Lima trabalha como copeira no Canteiro Administrativo Central, na Barra da Tijuca, e diariamente registra as imagens das refeições que são oferecidas aos funcionários da Linha 4 do Metrô. Conhecida como Cris pelos colegas, a funcionária faz questão de registrar  o café da manhã e o almoço como uma forma de agradecimento. “Eu gosto de agradecer a minha comida e sempre fotografo o café da manhã e o almoço. A empresa (consórcio) fornece as refeições e eu não preciso me preocupar em fazer comida para trazer ao trabalho. É mais um motivo para eu agradecer”. Ao ser perguntada se ela tem um prato preferido, a copeira garante que não. “Eu gosto de todos os pratos, sem exceção”, disse a colaboradora.
Facebook
Google
Twitter
Leia mais...

RJTV 2: Presidente Dilma visita obras da Linha 4 do metrô na futura estação de São Conrado

A presidente Dilma Rousseff visitou, na última quarta-feira (02/04), as obras da Linha 4 do Metrô (Barra da Tijuca – Ipanema). A governante passou pelo canteiro de obras da Estação São Conrado, na Zona Sul, e em seguida embarcou em um jipe e atravessou os cinco quilômetros do bitúnel entre São Conrado e a Barra da Tijuca.

A matéria do RJTV 2 mostra com detalhes como foi essa visita. Confira na íntegra aqui.

Fonte: TV Globo

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Facebook
Google
Twitter
Leia mais...